Inadimplência e o comportamento do consumidor

Turn_Wise_Inadimplência

Inadimplência e o comportamento do consumidor

Inadimplência e o comportamento do consumidor

 

Estamos no final do ano e geralmente, procuramos refletir e mudar as atitudes para o ano seguinte.

Se você fizesse uma reflexão sobre os seus gastos ao longo desse ano, como seriam? Seriam diferentes do ano anterior ou seriam iguais? 

Um estudo feito em Agosto pela SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) sobre Inadimplentes: Perfil e comportamento frente às dívidas, apontou aumento na reincidência de consumidores negativados em comparação com 2016. Será que mencionaram alguns temas que já abordamos aqui? 

\o_
 |      : O crédito.
/\

No segundo semestre de 2017, 40% de todos os consumidores brasileiros acima dos 18 anos estavam no vermelho. Dentre as contas mais em dia estavam: plano de saúde, condomínio, aluguel, internet/TV por assinatura e conta de água e luz. Já as mais negativas são as relacionadas ao crédito: cartão de loja, empréstimo em banco, cartão de crédito e cheque especial. 

A perda do emprego foi apontada como a principal causa do não pagamento das contas, mas a falta de controle financeiro ou planejamento no orçamento vem logo em seguida. 

 

Emoções também atrapalham seu bolso

 

Mais da metade dos negativados alegam que gastaram a mais por questões emocionais. Chateados com o trabalho, ansiedade ou até mesmo um novo item para se valorizarem em um evento importante, foram algumas das explicações para terem metido a mão no bolso sem pensar. 

Será que você já comprou aquele sapato novo ou o relógio dourado para também se valorizar? 

Dentre das pessoas que alegaram a inadimplência pela falta de controle e consumo impulsivo, mais da metade (53,2%) alegaram que procuraram mudar algum comportamento para resolver o descontrole financeiro enquanto, os outros 46,8% alegaram que não tiveram nenhuma alteração em suas atitudes.

Estranho, não? Se você continua tendo as mesmas atitudes, acha que os resultados serão diferentes?

Então, é necessário mudar as atitudes e buscar um plano para conseguir ver uma luz no fim do túnel. Imprevistos acontecem, como a perda do emprego mas, as contas não vão parar de chegar porque a renda secou. Um bom controle e planejamento podem ajudar a evitar que as dívidas cresçam de forma descontrolada.

Já parou para pensar quantos meses você conseguiria pagar suas contas se parasse de trabalhar hoje? Não conseguiu colocar tudo no papel? 

Conte conosco para te ajudar

Material completo aqui

Turn Wise!!

0/5 (0 Reviews)
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ruan Nogueira

Ruan Nogueira

Especialista em Investimentos

Artigos relacionado:

Deixe uma resposta

Novidades

Receba em seu email todas as novidades da Turnwise. E saiba antes de todos as novidades que vão te levar a conquistar sua liberdade financeira.