Investimentos e educação financeira são o caminho para liberdade financeira?

Investimentos e educação financeira são o caminho para liberdade financeira?

Investimentos e educação financeira são o caminho para liberdade financeira?

Liberdade financeira e transformação

Independência ou liberdade financeira, investimentos e educação financeira são algumas palavras que ganharam um belo destaque nos últimos dois anos. De fato, são tópicos importantíssimos para a transformação pessoal e nem sempre são tratados com a seriedade necessária.

Por que a educação financeira foi a base para a minha transformação?

Hoje, eu quero te contar um pouco sobre como a ação com base nessas três palavras me ajudou a sair da “corrida dos ratos”, como diz Robert Kiyosaki.

“Se o dinheiro não for o seu servo, ele será um mestre, um mau mestre”

Francis Bacon

banner ebook introdução ao tesouro direto

Como tudo começou

Durante a faculdade, na Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM), um amigo estava lendo o livro Investimentos Inteligentes do Gustavo Cerbasi.

A todo momento, ele falava das possibilidades de investimentos.

Que era possível conquistar o primeiro milhão em 20 anos e que com a grana que iríamos ganhar depois de formados, daria para chegar no primeiro milhão em menos tempo. 

Ou seja, investir era um caminho para conquistar a liberdade financeira.

Além disso, nunca tive problemas com dinheiro, no pior dos meses, gastava tudo e ficava no zero a zero, o que era bem comum na verdade.

Naquela época, ganhávamos em torno de R$ 500,00 de salário da Marinha, eu nem tinha a consciência de começar a poupar, me convenci a fazer isso depois de estar empregado (o que levaria mais 2 anos).

Depois de formados e bem empregados, eu e um grupo de amigos decidimos por o plano de investir para conquistar a liberdade financeira em prática.

Éramos, inicialmente, 20 pessoas, mas alguns desistiram pelo caminho e formamos um Clube de Investimentos com 14 pessoas.

É claro que a ideia de montar o Clube foi ótima, o dinheiro de todos estava sendo investido juntos, aumentando o volume e diminuindo os custos operacionais.

E por isso começamos bem, mas, pulamos algumas fases e fomos direto para o nível 5. E isso não tem como se sustentar. 

Como um jogo de videogame, não tem como zerar sem passar por cada faseÉ preciso ir conquistando pequenos objetivos, repetir algumas vezes a mesma fase até aprender mais e ver que os obstáculos nem eram tão difíceis.

O Clube durou um pouco mais de dois anos. Dalí, eu ganhei o aprendizado e deixei algum dinheiro para o mercado.

 

O aprendizado

Posso citar alguns motivos que fizeram o Clube ser encerrado e o que eu aprendi.

  • Baixa educação financeira: Apesar de termos muito poder de poupança e saber que investir era uma boa solução para conquistar a independência financeira, não sabíamos exatamente qual era a melhor forma de otimizar os investimentos para alcançar o primeiro milhão. Ficávamos dependente das informações que nos eram passadas. 

 

  • Metas diferentes: No início da formação do Clube, a meta era a mesma. Fazer dinheiro suficiente enquanto jovens para conquistar a independência financeira o mais rápido possível. Conforme o tempo foi passando, as nossas prioridades foram mudando. Em determinados momentos, as pessoas foram saindo porque precisavam do dinheiro para seguir o projeto de vida, seja casar, comprar casa etc. Eu, por exemplo, saí pouco antes da decisão de fechar o clube.

 

  • Pouco entendimento do mercado financeiro: Entendíamos que investir era o caminho certo, mas não sabíamos como funcionavam na prática os tipos de investimentos, nem sabíamos muito sobre diversificação. Não é preciso ser o mestre do mercado financeiro para se dar bem, é preciso querer aprender e acompanhar a evolução do seu patrimônio.

O pensamento que tínhamos era exatamente oposto ao que se deve ter quando se investe em ações. Ficávamos eufóricos quando as ações estavam em alta e chateados quando as ações estavam caindo. 

Comprávamos caro e vendíamos barato.

Decidimos encerrar o clube e cada um seguiria com seus investimentos individualmente.

 

O despertar para transformação

Mesmo perdendo dinheiro, não desisti da ideia de investir para conquistar a liberdade financeira.

Devido a experiência que tive na época do Clube, resolvi estudar mais sobre o mercado para fazer investimentos de forma mais consciente.

Felizmente, todos adotaram essa postura. Dois passos para trás para poder dar um salto para frente.

Eu estava tão envolvido com o mercado financeiro como investidor que comecei a esclarecer dúvidas dos colegas de trabalho sobre esse assunto. 

Nessa época, eu já estava insatisfeito com o meu emprego há algum tempo mas não sabia o que fazer para sair dali.

Nem sabia em que empreender. Pensei em várias coisas que eu gostava de fazer e coisas que eu já havia feito para ganhar dinheiro.

Nenhuma das opções mexeu comigo quanto a possibilidade de trabalhar com investimentos.

Até que decidi me aprofundar mais. Comecei a estudar para entrar nesse mercado como profissional e fiz a prova para ser assessor de investimentos.

O mercado financeiro é tão regulado, que para exercer determinadas atividades é necessário ser certificado, e para isso, é necessário fazer uma prova.

Uma das atividades que exigem certificação é da Agente Autônomo de Investimentos, ou, assessor de investimentos.

 

Educação financeira, investimentos e liberdade financeira como base para transformação

Não sei se você já optou alguma vez em deixar de ter um salário fixo e passar a  pagar para trabalhar. Esse foi o meu caso.

Começar uma carreira do zero não é fácil e mais difícil é largar um ótimo salário para começar do zero.

Acontece que o ótimo salário já não me satisfazia, eu queria mais possibilidades de fazer dinheiro, da maneira que eu pudesse escolher e de alguma forma em que eu pudesse ajudar pessoas.

Meu objetivo era, e ainda é, ter dinheiro suficiente para que os rendimentos sejam o bastante para eu pagar minhas contas e viver uma vida tranquila.

A diferença é que antes, com carteira assinada, era uma tortura imaginar que eu deveria ficar ali por mais dez anos até conquistar esse objetivo. 

Agora que eu faço o que escolhi, mesmo que eu tenha grana o suficiente para poder parar de trabalhar, continuarei a auxiliar vocês no desenvolvimento financeiro.

 

A escolha e estruturação da nova jornada

Em paralelo com a assessoria e depois de parar de trabalhar embarcado decidi abrir a Turn Wise, junto com o amigo Ruan (que também participou do Clube de Investimentos).

Através dela, ampliei minhas possibilidades de ajudar as pessoas a entenderem que educação financeira e investimentos são duas coisas extremamente importantes na vida. 

Equilibrando isso, é possível deixar de trabalhar para o dinheiro e fazer o dinheiro trabalhar para você.

Depois de ter escolhido ser assessor de investimentos e dar o pontapé inicial, ainda passei alguns meses trabalhando embarcado.

Até então, tinha ao mesmo tempo o salário garantido no final do mês, eu conseguia alguns clientes. 

Além do mais, eu não poderia simplesmente pedir demissão e começar algo do zero.

Ainda não tinha dinheiro suficiente para pagar minhas contas, eu ainda era dependente de um salário.

Já havia começado a cortar gastos desnecessários.  

Como nunca tive problemas com dinheiro, foi bem tranquilo equilibrar meu gastos e investir mais.

Meu objetivo passou a ter dinheiro para bancar minhas contas por algum tempo até meu novo negócio começar a dar certo.

Como tudo na vida as coisas acontecem na hora certa, em setembro/2017 chegou o momento de sair da corrida dos ratos.

Consegui ter dinheiro necessário para tocar meus projetos da maneira que queria.

De lá para cá, me dedico a educação financeira e assessoria de investimentos. Continuo estudando sobre o mercado, consegui minha certificação de Especialista em Investimentos da ANBIMA e irei conquistar outras.

Conclusão

Desde a criação da Turn Wise e o trabalho com assessoria de investimentos com a XP Investimentos, passei a ouvir que investir não é tão complicado, que o acesso é fácil e que manter o equilíbrio no orçamento pessoal é fundamental.

E isso é muito bom! Ainda temos muito a crescer, o brasileiro ainda tem muito o que desenvolver quando o assunto é dinheiro. É preciso mudar a cultura.

Contei um pouco da minha história para te mostrar que só depende de você o primeiro passo, o segundo, o terceiro….

Até chegar no seu objetivo.

Não existe fórmula mágica, existe disciplina e dedicação. Se você quer começar a investir e não sabe como, clique aqui e veja como trilhar o caminho para a liberdade financeira.

Juntos pela sua liberdade financeira,

Até a próxima.

assinatura autor RDP

0/5 (0 Reviews)
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Rafael Dadoorian, CEA®

Rafael Dadoorian, CEA®

Especialista em Investimentos

Artigos relacionado:

Deixe uma resposta

Novidades

Receba em seu email todas as novidades da Turnwise. E saiba antes de todos as novidades que vão te levar a conquistar sua liberdade financeira.