7 maneiras diferentes de investir com 5 mil reais

7 maneiras diferentes de investir 5 mil reais - turn wise

7 maneiras diferentes de investir com 5 mil reais

Investir 5 mil reais nunca foi tão fácil 

Já teve aquele pensamento de que para começar a investir era necessário ter muito dinheiro ou ganhar na loteria?

E quando “sobram” aqueles R$ 5.000 (férias, FGTS, dobra, por exemplo) o que você faz? Vai deixar a oportunidade de multiplicar esse dinheiro passar?

Não, né?!

Então, se você deseja aproveitar essa oportunidade, essa matéria irá te ajudar a colocar o seu dinheiro para trabalhar.

Por que você deve investir?

por que voce deve investir - turn wise

É comum ouvir pessoas falando que não sabem como ou onde investir com pouco dinheiro. Entretanto, muitas delas não investem por acreditar em mitos ao invés de procurar ajuda.

Além do ato de poupar, investir o seu dinheiro pode te proporcionar o alcance de vários objetivos mais rápido. Por exemplo, uma viagem, compra da casa própria e até mesmo uma aposentadoria planejada além da criação de uma reserva de emergência para ocasiões inesperadas. Cada vez que você investe, os seus objetivos financeiros se aproximam da realidade mais rápido.

O dinheiro investido de forma certa pode te ajudar, e muito, além do que você imagina. E, eu vou te contar um segredo: você pode começar agora a investir o seu dinheiro. Quer saber como?

#1: Tesouro Direto

tesouro direto - turn wiseMesmo que você não tenha 5 mil reais. Hoje, com um pouco mais de 30 reais, você já pode começar a investir na aplicação mais rentável e segura dos últimos 10 anos: o Tesouro Direto.

O Tesouro Direto é um programa do governo federal que disponibiliza a compra de títulos públicos por meio da internet. Dentre as vantagens podemos destacar:

  • Baixo valor inicial de investimento
  • Segurança (visto que o governo é o credor mais confiável no país)
  • Liquidez, rápida venda dos títulos
  • Diversificação dos títulos

Em resumo, podemos encontrar títulos prefixados, pós-fixados atrelados a Selic (taxa básica de juros) ou ao IPCA (índice oficial da inflação), com vencimentos diferentes, fazendo com que o investidor encontre títulos adequados as suas necessidades e objetivos.

banner ebook introdução ao tesouro direto

#2: CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) também pode ser uma boa alternativa para quem tem R$ 5 mil para investir. O título é emitido por bancos e geralmente tem sua rentabilidade atrelada ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Também, o CDB possui a garantia do FGC*, que protege até R$ 250 mil caso a instituição quebre.

Os CDBs são investimentos emitidos por instituições bancárias com o propósito de captar recursos financeiros dos investidores para emprestar esses recursos a outras pessoas. Para você entender melhor, preparamos um fluxograma para ficar mais fácil.

Como funciona um cdb - turn wise

Durante a escolha do CDB, é muito importante prestar atenção na rentabilidade oferecida pelas instituições, visto que essa aplicação sofre a incidência do imposto de renda.

Hoje, o CDB possui um volume com mais de R$ 812 Bilhões investidos, via corretoras e bancos.

*FGC: Fundo Garantidor de Crédito

#3: LCI / LCA

As Letras de Crédito Imobiliárias ou do Agronegócio são outra opção para você investir os seus R$ 5 mil.

A LCI e LCA são títulos emitidos por bancos que na maioria das vezes têm sua rentabilidade atrelada ao CDI e, a sua principal vantagem frente as outras aplicações da renda fixa é a isenção do imposto de renda, que faz com que se tornem opções mais atrativas, além de, contar com a proteção do FGC.

Entretanto, um outro ponto deve ser observado na hora da escolha: a liquidez. A maioria dessas aplicações não contam com liquidez, ou seja, após a aplicação, deve-se esperar até o vencimento para resgate.

Hoje, a LCI possui um volume com mais  de R$ 165 Bilhões e a LCA de R$ 68 Bilhões.

#4: COE

Dentre as aplicações do mercado financeiro, existe uma que vem se destacando por suas características, o Certificado de Operações Estruturadas.

O COE (Certificado de Operações Estruturadas) é um investimento, ainda novo no mercado brasileiro, que une os produtos da renda fixa e renda variável. O título é uma versão brasileira das Notas Estruturadas, muito comuns nos Estados Unidos e Europa, e é um ótima forma de diversificar correndo poucos riscos.

Ao investir em um COE, você aplica o seu dinheiro em um investimento que combina títulos de crédito emitidos por uma instituição financeira com estratégias em derivativos.

COE - turn wiseCom pouco tempo de existência, o COE já conta com R$ 16 Bilhões investidos.

Para entender um pouco mais sobre o COE, dê uma olhada nessa matéria.

#5: Fundo de Ações

fundo de acoes - turn wiseJá pensou em participar do mercado de ações, mas não tinha dinheiro ou conhecimento o suficiente? E se existisse a possibilidade de os investidores juntarem o capital para investirem em uma robusta carteira de ações junto com a gestão de um profissional? Você se interessaria?

O FIA (Fundo de Investimento em Ações) é um investimento que atende a essas necessidades. Dentre outras palavras, investir num fundo de ações é aplicar seu capital no condomínio de ações. E, lucrar com os ativos que compõem a carteira do fundo. O síndico desse condomínio, que é o gestor, será o responsável por pagar os gastos. Realizando as mudanças nos ativos em prol da manutenção e da rentabilidade do fundo.

Investir em FIA consiste em participar do mercado de ações de forma menos ativa, porque possui uma gestão profissional por trás, e pode ser feita com pouco capital. Existem FIAs que podem ser encontrados em corretoras independentes onde é possível ingressar com R$ 5 mil ou até menos.

#6: Fundos Multimercados

fundos multimercados - turn wise

Acha difícil investir no dólar ou nas taxas de juros? Calma, os Fundos Multimercados vieram para suprir essa dificuldade.

Diferentemente dos fundos de renda fixa e dos fundos de ações, os fundos multimercados não precisam ter exposição em apenas um fator de risco específico, ou seja, os fundos multimercados podem investir em ativos como: taxa de juros, ações, moedas, renda fixa, milho, café, dólar ou qualquer outro ativo listado em bolsa.

Para aplicar nesse investimento não é necessário possuir muito capital. Se você possui R$ 5 mil, pode investir nessa categoria de fundos e ter o seu capital bem mais diversificado aos ativos do mercado financeiro, com possibilidades de ganhos na alta e na baixa da economia brasileira.

#7: Fundo de Investimento Imobiliário

Já ouviu a expressão de que investir em imóveis é o melhor negócio?

Atualmente, investir em imóveis pode gerar altos custos com aquisição, documentação e até problemas com inquilinos. Além do fato de que o retorno pode não compensar o custo.

Porém, existe um investimento, no qual você pode investir em imóveis com menos capital e com mais retorno.

Quer saber como?

Hoje, através desse investimento, é possível investir em vários imóveis. Por exemplo, shoppings centers, agências bancárias e faculdades com muito menos de 5 mil reais.

Os FIIs (Fundos de Investimento Imobiliário) foram criados em 1993, inspirados nos REITs americanos (Real Estate Investment Trusts) que são fundos que possuem e gerenciam operações voltadas ao setor imobiliário.

Dentre as suas vantagens, podemos citar que o valor da cota é muito menor do que um investimento tradicional em imóveis, isenção do imposto de renda e gestão profissional na aquisição e manutenção dos ativos do fundo.

Para entender como funciona um FII, dê uma olhada abaixo

Fundo de Investimento Imobiliario - turn wise

Conclusão

Antigamente, existia uma dificuldade de se encontrar informação sobre investimentos.

Todavia, com a evolução da tecnologia e da informação, houve uma mudança. Junto com o advento das corretoras independentes, houve uma melhora para se investir, principalmente, para os pequenos investidores.

O mito de que era necessário possuir muito capital para começar já caiu.

No entanto, é necessária muita atenção na hora de escolher. Por exemplo, os Fundos de Ações, Fundos Multimercados e Fundos Imobiliários são ativos de renda variável, ou seja, são investimentos cujo as cotas sofrem valorização ou desvalorização em relação ao capital inicial investido.

Então, antes de investir, é aconselhável que você faça um bom estudo junto com a assessoria de um profissional para a escolha dos ativos mais adequados as suas necessidades e projetos.

Por isso, caso deseje contar com uma assessoria de investimentos, entre em contato conosco.

Obrigado pela leitura.

Nos vemos na próxima.

Ruan

Turn Wise

Fonte de dados: https://www.cetip.com.br/boletimcetip

5/5 (3 Reviews)
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Artigos relacionado:

Este post tem 7 comentários

  1. Muito obrigado pelas dica de como ganhar dinheioro na internet

    Muito obrigado vou compartilhar com os meu amigos

    1. Essas dicas são simples, porém poderosas.

      Saber utilizar os juros ao seu favor é muito bom quando se deseja multiplicar o seu capital.

      Compartilhe com os seus amigos e veja mais o nosso conteúdo em nosso blog e e-books

  2. Conteúdo muito bom, gostei muito do seu post.
    Vou acompanhar, pois sempre aprendo mais.
    São dicas muito úteis, principalmente para um iniciante como eu.
    Bom trabalho!!

    1. Osvaldo, obrigado pelo comentário. atualmente existem várias formas de investir que as pessoas não conhecem e, essa é a nossa missão na TurnWise, tornar a Educação Financeira ampla para todos.
      Continue nos acompanhando que temos muito mais conteúdo para divulgar ainda.
      😉

Deixe uma resposta

Novidades

Receba em seu email todas as novidades da Turnwise. E saiba antes de todos as novidades que vão te levar a conquistar sua liberdade financeira.